Realizar a contratação de um consórcio muitas vezes é a alternativa mais adequada para adquirir bens ou serviços. Sem a cobrança de juros e com a possibilidade de contemplação a curto prazo, muitas vezes o consórcio é uma forma de planejar a aquisição.

Entretanto, antes de partir para a assinatura do contrato, é necessário ficar atento a alguns fatores, que podem ser determinantes para um consórcio bem sucedido.

Um exemplo disso é relação ao prazo máximo das prestações, que são fixadas de forma prévia. Confira algumas dicas para mandar bem no consórcio.

Procure um lugar interessante para o apartamento do consórcio

Um dos principais bens consorciados no Brasil, os imóveis têm um prazo de 180 meses para a quitação de todas as parcelas. Desse modo, ao longo desses 15 anos, um apartamento consorciado pode sofrer variações por conta do local onde é construído.

Ou seja, a região em que você contratou o consórcio de um apartamento pode ter se tornado uma área industrial, por exemplo.

Além disso, com o passar dos anos, é possível que o consorciado não tenha mais interesse naquele apartamento. Nesses casos, é sempre importante ter a ciência desses fatores, para que o resultado final seja o melhor possível.

Valores da mensalidade do consórcio devem ser adequados conforme o caso

O principal problema encontrado nos financiamentos é a dificuldade de quitação das parcelas, o que resulta em busca e apreensão, dependendo do caso.

No caso de um consórcio, onde o bem ainda deve ser adquirido, esse problema não ocorre. Porém, é preciso ficar atento aos valores das mensalidades da mesma forma. Isso porque o atraso de mensalidades impede a contemplação.

Além disso, o orçamento mensal das pessoas inclusas no consórcio deve ser levado em consideração, para que haja um acordo relativo ao valor devido por cada um.

Leave a Reply

Your email address will not be published.